Blog

Tipos de prótese dentária: entenda as indicações e cuidados gerais

03 fev Saúde Bucal Brasil Reabilitação Oral

Os dentes exercem papeis fundamentais em nossas funções bucais. A ausência deles pode interferir em outras atividades comuns que exercemos, como por exemplo, a mastigação, a fala, a estética facial e também a respiração. Em outros casos, refletem na autoestima de pessoas que passam a sofrer por vergonha em não poder sorrir podendo desencadear a depressão. Se não tratada, o assunto pode tornar-se crítico, interferindo também na vida social e também no trabalho do indivíduo. Os diversos tipos de prótese dentária são a solução para alguns desses problemas.

O QUE É PRÓTESE DENTÁRIA

As próteses dentárias, também conhecidas como prótese odontológica, são responsáveis pela reposição de dentes faltantes. As famosas dentaduras ou dentes postiços, como são geralmente conhecidos, desempenham a ausência dos dentes naturais, conferindo qualidade de vida ao paciente que é submetido a esse tipo de tratamento. Pode substituir dentes caninos, molares, pré-molares e incisivos. 

QUANDO É INDICADO USAR PRÓTESE DENTÁRIA

Os dentes naturais costumam ficar mais vulneráveis através do envelhecimento natural do paciente ou também por traumatismos, problemas periodontais ou até mesmo em função de cáries não tratadas.

As próteses dentárias têm evoluído com o passar do tempo e hoje desempenham um papel importante, proporcionando uma relação e vivência confortável na vida do paciente. Capaz de recuperar a função de um dente original, as próteses dentárias oferecem uma infinidade de possibilidades, de acordo com a necessidade de cada paciente.

QUAIS SÃO OS TIPOS DE PRÓTESE DENTÁRIA

Suas variações vão desde a opção parcialmente removível, a fixa e próteses totais. Existem diversos tipos de variações, sendo cada avaliada e sugerida pelo seu dentista, de acordo com cada caso.

  • Próteses fixas – As próteses fixas, também são popularmente conhecidas como ponte fixa e próteses parciais fixas. É indicada para reposição de poucos dentes. O dentista costuma avaliar caso a caso, pois é preciso entender a quantidade de dentes que o paciente veio a perder e se a prótese consegue ser apoiada em dentes vizinhos. Seu material é feito de metal e porcelana. O paciente precisa ter ciência de que é necessário fazer uma profunda higiene bucal para evitar problemas futuros, já que não é possível removê-la.  
  • Próteses removíveis (PPR Roach) – As próteses removíveis também podem ser conhecidas como prótese parcial removível ou ponte móvel. Como o próprio nome já diz, elas podem ser desmontadas e removidas. Ficam presas na boca do paciente através de um grampo de metal. É uma excelente opção para pacientes que queiram preservar os dentes remanescentes.
  • Prótese total – É a famosa dentadura, capaz de representar todos os dentes da boca do indivíduo. Famosa também pelo nome de “prótese total removível”, sua peça fica apoiada na mucosa, ou seja, na gengiva. Pode ser removida. É uma boa opção para pacientes desprovidos de 100% dos dentes.
  • Implante osseointegrado – Conhecido como implantes dentários ou implante retentor da prótese fixa, o implante osseointegrado é de todas as opções o que mais se assemelha com os dentes originais. Pode ser aderido por pacientes que perderam um ou mais dentes e facilita a higienização bucal. No procedimento, o dentista faz a inserção de uma raiz artificial, que receberá a coroa confeccionada por um protético, simulando um dente natural. A prótese é feita em resina acrílica e o procedimento é indicado para pacientes que estejam com gengivas e ossos saudáveis.
  • Próteses flexíveis – Vieram ao mercado com o intuito de serem alternativa às tradicionais próteses removíveis. Infelizmente são pouco aderidas, por apresentarem problemas no material, como a sensibilidade ao calor. No entanto, são utilizadas por idosos como prótese provisória, em casos de reabilitação. Esse tipo de prótese é confeccionado em poliamida e polipropileno.

CUIDADOS GERAIS

  • Alimentação – inicialmente o corpo do paciente precisará de um tempo de adaptação com a prótese dentária. Inicialmente é preciso dar preferência a alimentos fáceis de mastigar. Alimentos macios e cortados em pequenos pedaços são uma boa alternativa para quem ainda está se acostumando. É preciso mastigar também com ambos os lados da boca. Pacientes que ficaram muito tempo sem dentes podem ter mais sensibilidade no início do tratamento. Atenção com alimentos duros e grudentos.
  • Colocar a tirar a prótese móvel – Todo cuidado é pouco para não causar machucados nas mucosas, portanto, seja delicado ao introduzir e retirar a prótese da boca. Conserve sua prótese em um recipiente com água para evitar ficarem ressecadas, além de preservá-las guardadas em locais seguros para que não caiam e quebrem. Na hora de dormir, é preciso retirá-las para não se machucar.

Ficou mais alguma dúvida? Agende agora mesmo uma consulta na Saúde Bucal BR e garanta o sorriso dos sonhos.

WeCreativez WhatsApp Support
Agende online sua consulta
Olá vamos agendar aqui sua consulta?